domingo, 2 de junho de 2013

5

Resenha: A Seleção

 a-selecao 

Livro: A Seleção - 1° livro da trilogia A seleção

Autora: Kiera Cass

Editora: Seguinte

Nota: 3,5 estrelas

Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.

Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.

Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

Não estava ansiosa para ler esse livro. Li muitos livros distópicos nos últimos anos, e acabei me distanciando do gênero recentemente. 

A capa era bonita, muita gente falou bem, mas ficou nisso.

Até que a necessidade de ler um livro curto, e que fluísse melhor (geralmente os YA’s tem essa característica, pelo menos os bem escritos), e a A seleção estava ali. .

A questão levantada nesse livro, apesar de aparecer um pouco fora da nossa realidade, bate de encontro do que nos humanos, somos capazes de fazer uns com os outros.

É de uma forma mais velada, mas as ‘castas’ existem no mundo atual, e em Illéia, terra fictícia da série A Seleção, elas não só existem, como são muito bem divididas.

Apesar de passar um sentimento de esperança para o povo, A Seleção de Iléa, não passa de uma distração, desviando o povo de pensar no que deveria, e lhe dando uma motivição, de que talvez poderiam um dia ser princesas, ou ter uma princesa na família, não importando a sua casta.

Achei que todos os personagens passam uma sensação de pessoas reias. Eles são teimosos, geniosos e indecisos. Mas também são bondosos e de bom coração

Gostei principalmente de como a autora descreveu o Principe Maxon. Sim, ele é bonito, gentil e tal, mas tem os seus momentos de autoridade, e quando America pega ele em um mau dia, uma faceta mais crua é revelada.

Porque não dava para esperar que um Principe fosse tão perfeito, e agradeço a Kiera por ter a coragem de não mostrar um personagem  não tão ‘perfeitinho’, mas bem humano.

“E porque esse país é do jeito que é. Eu não pude nem lhe chamar de volta. Eu não podia dizer que o amava mais uma vez”

A estória é bem contada, apesar de Kiera contar ela de uma forma mais ‘simples’. Por exemplo, ainda não sabemos muito sobre esse mundo de ‘castas’ fora da visão de America, e alguns personagens importantes ainda são muito enigmáticos, entre eles os pais de Maxon, o Rei e a Rainha.

Mas volto a dizer eu não sei onde essas meninas arrumam tantos caras maravilhosos para formar triângulos amorosos, quando está difícil encontrar um cara que preste!

Já li A Elite, e sei que a estória melhora bastante no segundo volume, então não só indico a leitura, a recomendo muito!

Série A Seleção

clip_image002

A trilogia escrita por Kiera Cass começa com A Seleção, livro lançado em agosto do ano passado pela Editora Seguinte no Brtasil.

A Elite, também já se encontra nas livrarias brasileiras. – Já Li e é ótimo! Em breve resenha!

 

A Elite_O_Príncipe

Já The One, tem lançamento previsto para meados de 2014, e ainda não tem capa definida.

Além disso, a autora publicou um conto O Príncipe, que conta o começo de A Seleção sobre a visão do Príncipe Maxon. O livro está disponível gratuitamente na loja Kobo, para os usuários. Tentei encontrar no site da editora um link para o conto, mas não encontrei.

O livro teve um piloto gravado para a CW americana, mas não foi escolhido, e portanto não teremos uma série baseada no livro. Acredito que posteriormente um filme para a TV do foi gravado deve ser lançado,mas essa pratica tem sido eliminada pelas TV’s, então sem muitas esperanças.

Fanny Ladeira

 

kiera cass

 

Kiera Cass, nasceu em 1981, na Carolina do Sul, Estados Unidos. Formou-se em história na Universidade de Radford, na Virginia, e publicou seu primeiro livro, The Siren, em 2009, em uma edição independente. Beijou aproximadamente catorze garotos em sua vida, mas nenhum deles era um príncipe.

5 comentários:

  1. "Mas volto a dizer eu não sei onde essas meninas arrumam tantos caras maravilhosos para formar triângulos amorosos, quando está difícil encontrar um cara que preste!" amei a frase e te entendo eu também acho complicado achar um imagine vários rsrsrsrs

    Estou louca pra ler a serie, gosto de distopias

    Ah gostei do nome do seu blog

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Oi Vi seu blog em um grupo no Skoob e também tenho um blog literário!

    Sabe que o livro pela capa me chamou a atenção. Eu até gostaria de ler ele. Não sei se seria legal, mas seria uma história que eu gostaria de ler, mas será que valeria mesmo uma trilogia?

    Abraços,

    Greice

    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  3. Eu ameeei esta triologia!São livros muito gostosos de ler, que te fazer virar a noite lendo, esquecer totalmente dos seus problemas e torcer pela America! #superrecomendo

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!


Agora peça um delicioso prato ao nosso chef, e continue a sua visita pelo O Restaurante do Fim do Universo.

Fanny Ladeira!