quarta-feira, 29 de junho de 2011

3

Resenha: O Iluminado

O IluminadoLivro: O Iluminado

Autor: Stephen King

Editora: Objetiva

Nota: 5 estrelas

O Iluminado, livro lançado em 1977, escrito por um dos maiores escritores contemporâneos, Stephen King, conta a história de Danny Torrance, um menino em tudo extraordinário, capaz de ouvir pensamentos, transportar-se no tempo e olhar o passado e o futuro. Danny - para o bem ou para o mal? - é um iluminado.

Danny não é um garoto comum. Maldição ou bênção? A resposta pode estar guardada na imponência assustadora do hotel Overlook, que já foi palco de festas sofisticadas, noitadas de sexo e bebida, grandes negócios e paixões avassaladoras. O tempo passou arrastando consigo as glórias do passado. Mas algo resiste nos longos corredores sombrios do hotel. Algo terrivelmente poderoso e assustadoramente mau.

Quando Jack Torrance consegue o emprego de zelador no velho hotel, todos os problemas da família parecem estar solucionados. Não mais o desemprego e as noites de bebedeiras. Não mais o sofrimento da esposa, Wendy. Tranqüilidade e ar puro para o pequeno Danny livrar-se de vez das convulsões que assustam a família. Só que o Overlook é uma chaga aberta de ressentimento e desejo de vingança. O hotel é uma sentença de morte e quer Danny, pois precisa dos seus poderes para chegar ao fim.

A luta assustadora entre dois mundos. Um menino e a ânsia assassina de poderosas forças malignas. Uma família refém do mal. Tudo isso está presente em O Iluminado em uma guerra sem testemunhas onde só vencerá o mais forte.

Eu passei 22 anos da minha vida, sem ler nada de Stephen King, e esse ano, estava disposta a mudar esse paradigma. Talvez o que me afastou dos livros de King, durante todos esse tempo, foi saber do tom de horror que os seus livros possuí.

Resolvi começar por O Iluminado, por ter assistido o filme (de 1980, protagonizado por Jack Nicholson), e ter ficado com algumas perguntas em aberto.

O livro, como de praxe, é um pouco diferente, e muito superior ao filme. Com detalhes, e passagens (super) importantes para entendermos, melhor a estória.

Esperava, por King ser um escritor renomado, um livro de qualidade, e não me decepcionei. E também, não esperava que ele tivesse tanto talento para escrever cenas apavorantes,com muita tensão e um pouco de terror.

Sem dúvida, esse foi o livro mais aterrorizante que li, e se era fácil me livrar das partes de terror ( era só eu fechar o livro, certo?) o difícil, era me afastar da estória, e ir fazer outras coisas.

Mas o livro é tão bem escrito, que até nessa parte ele tira vantagem de você. A cena te faz morrer de medo ( e morder a mão, já que roer a unha não é o suficiente), mas mesmo assim, você não consegue fechar o livro. Você tem que continuar a lê-lo.

Danny é um menino comum, que possui um dom incomum e pais escolhidos a dedo. O carinho que a sua mãe lhe passa, é inversamente proporcional a atenção que o pai lhe dá, mas mesmo assim, o menino parece gostar mais do pai do que da mãe, o que leva a um clímax no final.

O Hotel Overlook, é antigo, grande e faz voltar a vida todo tipo de coisa apavorante. Como vários personagens falam, é um hotel velho que tem uma história, e essa história não é nada agradável. O fato do hotel se encontrar isolado, no alto de um montanha, não ajuda melhorar o ambiente.

Embora, não tenha matado a minha curiosidade a respeito do final do filme, e uma foto um pouco suspeita ( quem já viu, sabe do que estou falando), o livro fez um bom trabalho em responder várias outras questões que tinha dúvida, e mostrar mais um vez, porque o livro é sempre melhor que o filme.

Super recomendo!

Fanny Ladeira

stephen-kingStephen Edwin King nasceu na cidade de Portland, no Maine, no dia 21 de setembro de 1947. Considerado um dos mais notórios escritores de contos de horror e ficção de sua geração, é um dos autores de maior sucesso em todo o mundo, com livros publicados e admirados em mais de 40 países. Inúmeras de suas obras receberam adaptação para o cinema, tais como Conta Comigo, À Espera de Um Milagre e Um Sonho de Liberdade, entre outras. O autor vive em Bangor, no Maine, com sua esposa, a romancista Tabitha King.

3 comentários:

  1. Sou suspeitíssima para falar, porque adoro Stephen King e O Iluminado é um livro sem igual! O filme também é inesquecível (a atuação de Jack Nicholson é impagável!).
    Esse livro é um dos que jamais sairá da minha prateleira, quero guardá-lo sempre comigo e quem sabe um dia relê-lo.

    Bj,
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. @ALINE T.K.M.

    Depois de ler esse livro, tenho que falar que o King, ganhou muita credibilidade comigo.

    O filme é de meter medo, mas achei o livro mais aparavorante!

    ResponderExcluir
  3. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo
    livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de
    um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de
    todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas
    usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais
    mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite
    reverso...a capa do livro é linda, ela traz o universo de fundo.

    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!


Agora peça um delicioso prato ao nosso chef, e continue a sua visita pelo O Restaurante do Fim do Universo.

Fanny Ladeira!