sexta-feira, 4 de novembro de 2011

1

Lendo e Ouvindo:The Strokes

Olá Galera!

The Strokes Outtakes_2011_04

   Site Oficial da Banda

Me lembro até hoje, de estar assistindo a um Programa na TV Cultura que falava sobre entretenimento (não sei dizer se é o Metrópole apesar de ser o que faz mais sentido) falando sobre o lançamento do 2° Cd da banda The Strokes. Até o momento, eu tinha sido uma ouvinte de ocasião, me embalando com Last Nite, mas não passando disso.

Não me lembro de muita coisa que falava a matéria, mas me recordo que eles falavam sobre a ‘maldição do 2° CD’ e de como o álbum fugiu disso. O álbum em questão era Room of Fire, que trás músicas como : What Ever Happened, Reptilia e 12:51.

Eu ainda demoraria alguns anos para me render a banda formada por Julian Casablancas , Albert Hammond Jr, Nick Valensi, Nikolai Fraiture e Fabrizio Moretti. Mas quando isso aconteceu, foi de uma vez. E posso até dizer, quando a simpatia virou paixão. Quando marquei a minha viagem para Paris, comecei a assistir vários filmes que se passavam na cidade. Um deles era Marie Antonieta, de Sofia Copolla.

The-Strokes-the-strokes-1555844-609-399Baixei a música que toca (What Ever Happened), depois o CD, depois outros Cd’s, até me deparar com a Discografia completa da banda. E dei muitas risadinhas internas em Versalhes, olhando aqueles móveis e itens de 1600, e tocando mentalmente ‘What ever happened’ na cabeça.

Durante a primeira passagem deles pelo brasil, em 2005 lembro que pensei na banda, mas morando em Varginha, e com 17 anos, shows internacionais era uma realidade distante para mim. E para falar a verdade, estava me lamuriando mais de perder The Killers ( seria um reflexo futuro já aflorando?)

Como comecei mesmo a acompanhar a banda em 2009/2010, o gap de tempo para o lançamento do último álbum, não foi muito grande, mas com tantas resenhas negativas nem me interessei em procurar.

Isso até sem querer, assistir ao clip de Under Cover of Darkness. E me arrepender de não ter ouvido o álbum antes. A música é vibrante e se tornou uma das minhas favoritas da banda. O clip também seria um divisor de águas na minha relação com Julian Casablanca.

the-strokesAté então, eu não achava ele remotamente atraente, bonito ou sexy. Até então. Depois de 1 minuto de clip, eu já entrava no Team Julian, o qual demorei 10 anos para me afiliar, mas agora não consigo encontrar um meio de sair. (não que EU queira!)

Não vou falar de muitas músicas porque ficaria muito extenso, mas separei as minhas Favoritas das Favoritas. E pode ter certeza que hoje ( na verdade amanhã, o show começa às 1:40 da manhã), estarei pulando, e tendo um sincope (e envergonhando a minha cia para essa aventura, a @thaisdamata do Divagando sobre a Realidade) quando estiver escutando elas ao vivo pela primeira vez.

 

Reptilla

 

 

You Only Live Once

Eu adoro a letra dessa música. Eu adoro a toque dessa música. Adoro como ela 'up'. E adoro clipe dela!

O clip é o mais lembrado da banda, porque é mais diferente e divertido.

 

 

Under Cover of Darkness

A música que me fez voltar a escutar The Strokes diariamente, é tão boa, tão boaaaa!

 

Machu Picchu

Eu não gostei dessa música da primeira vez que ouvi. Nem da segunda. Nem da terceira. Mas depois de algum tempo, eu me apixonei por ela. Me apaixonei tanto que estou torcendo para que eles toquem ao vivo. Serei recompensada?

 

Barely Legal

 

Last Nite

O primeiro contato a gente nunca esquece, né? E quando o primeiro contato envolve Last Nite, lançada há mais de 10 anos, mas ainda com a força de uma inédita, não é pra pouco.

 

 

Hard to explain

 

 

What Ever Happened

 

 

I'll try anything once

Essa é uma versão de You Only Live once, e é tão boa quanto a original. Algumas partes da letra se alteraram, o toque ficou mais lento.

Detalhe: Sofia Copolla, usou essa versão no filme Um lugar qualquer. ( eu disse que elas era fã dos caras!)

A banda tem mais diversos hits e músicas que merecem destaques, vale a pena conferir, apreciar e se apaixonar!

Fanny Ladeira

Um comentário:

  1. Strokes! \o/

    Só vi esse post hj!
    Bom que dei uma relembrada nos clips!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!


Agora peça um delicioso prato ao nosso chef, e continue a sua visita pelo O Restaurante do Fim do Universo.

Fanny Ladeira!